terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Fim de ano na Globo!

Meu novo emprego permite que eu passe algumas horas desenhando e eu não vou perder tempo!
Já comecei fazendo uma pequena brincadeirinha com a Globo:



Vem mais pequenas ilustraçõezinhas por aí...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Hiato

Bom, vocês já devem ter percebido que quando eu passo muito tempo sem escrever nada por aqui, é por que meus compromissos sociais e profissionais estão de fato chutando meus globos escrotais a tal altura, e a tal ponto, que eu nem mesmo tenho tempo de vir até este charmoso cantinho para reclamar.

Mas tudo bem.

Apenas saibam que este espaço não está abandonado.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Going to Heaven

Estou muito feliz e orgulhoso do primeiro trabalho próprio inédito do projeto Sheep Gigante.
Espero que todos compartilhem deste resultado e continuem com a gente para os próximos atos. Tem muita coisa vindo por aí...

Baixem nosso som aqui:
http://sheepgigante.blogspot.com/

Obrigado a todos!

terça-feira, 12 de julho de 2011

Reinando com a Escaleta

Na noite passada o senhor Eduardo Garcia surgiu no Lake Studio com este maravilhoso instrumento que mais parece um brinquedo, a impagável "Escaleta".
Resultado direto: 5 videozinhos alcoólicos, hehe!

Confiram:
Edward Maya (nenhum de nós sabe o nome da música):
http://www.youtube.com/watch?v=hRR3Tx2C2Gk

Like a Rolling Stone:
http://www.youtube.com/watch?v=83gr3QY14cA

Roadhouse Blues:
http://www.youtube.com/watch?v=BoIzeLm3fGI

12:51:
http://www.youtube.com/watch?v=iHeh7u6jFFQ

Break on Through (Drunk Lyrics):
http://www.youtube.com/watch?v=tl7-3XUtRg4


E lá se foi mais uma noite de peripécias...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

O Épico Interminável de Sheep Gigante

No último dia dos namorados (12/06/11), o Sheep Gigante teve a pachorra de apresentar um medley de 13 minutos incluindo as músicas Suzy Q (Creedance), Walk of Life (Dire Straits), 20th Century Boy (T-Rex) e You talk way too much (The Strokes). Só música ruim, fala verdade?

Mas mesmo adorando todas estas músicas, duvido que alguém tenha a paciência e o estômago de aguentar 13 minutos de Youtube pra conferir, huahuahuahuha...

Bom, anyway lá está o Épico (e eu já assisti várias vezes, hehe):
http://www.youtube.com/watch?v=XuHUPhZDbIU

Contiuamos garimpando e trabalhando em nosso projeto/diversão.

Sexta-feira tem Sheep Gigante ao vivo no Bartheu...

domingo, 10 de julho de 2011

Follow the Sheep

Pode ser visto como tesão de argola ou fogo no rabo, mas acho que sinto mesmo algo que me dá vontade de levar o Sheep Gigante adiante e muito, muito longe.
Já percebo um retorno ótimo em relação a expectativa das pessoas com o resultado de nossos trabalhos e toda essa rede de positividade nos estimula ainda mais a tocar, trabalhar e criar.

Ah, pra não perder o costume, aqui vai mais uma partícula postada pelo meu grande parceiro Ovelhones:
http://www.youtube.com/watch?v=VOZEdwsBENI

Estipulei um número cabalístico de 777 amigos no Facebook pra lançar nossa primeira música própria, mas é claro que posso arregar e lança-la do mesmo jeito caso a meta não seja atingida rapidamente, pois quero mostra-la pra algumas pessoas queridas de qualquer jeito.

Como li certa vez numa entrevista do cantor Lenine em que ele afirmava, não com estas palavras, algo com a seguinte mensagem: "no fundo, todo meu trabalho é feito pra agradar e impressionar meia dúzia de chegados que tenho",

E o mesmo acontece com o Sheep a maior parte do tempo... É tudo muito pessoal sabe?
Eu gostaria que muitas pessoas, TODAS as pessoas participassem, mas em realidade é como disse Lenine. E só.

Façam parte do Sheep ou não, continuaremos tentando, tocando, comemorando e bebendo.

Todos continuam e sempre serão bem-vindos.
Se quiserem.

(Sim, eu espero que queiram, hehe!)

terça-feira, 5 de julho de 2011

Mais um fragmento do Sheep

Vídeo feito por mim e meu parceiro Thiago André em um de nossos ensaios:
http://www.youtube.com/watch?v=D8l1vsAkGQY

Keep following the Sheep!

Atividade Paranormal em Minha Casa

Uma série de eventos sobrenaturais vem assombrando minha casa nestes últimos dias e, após muito pânico e desespero, me levando a tentar registrar tais fenômenos com a filmadora que ganhei a poucos dias.

O resultado de todos os vídeos que obtive está agora dividido em três partes e é certamente desaconselhável para pessoas com um coração um pouco mais sensível.
São imagens fortes.

THE SCARIEST GHOST EVER
http://www.youtube.com/watch?v=6cDCwJKL5A8

THE SCARIEST GHOST EVER - PART 2 - THE VAMPIRE
http://www.youtube.com/watch?v=HiuoReMEyEk&feature=channel_video_title

THE SCARIEST GHOST EVER - PART 3 - A MAN WITHOUT HIS HEAD
http://www.youtube.com/watch?v=YUzgIlLXrGU&feature=relmfu

Fragmentos do Sheep Gigante

Resgatei alguns videozinhos da nossa primeira apresentação acústica semanas atrás. Nem nos intitulamos como tal no dia em questão, mas sem dúvidas já faz parte do projeto. There it goes:

Blowing in the Wind - 03/06/11
http://www.youtube.com/watch?v=EeWrZo-lwTo

Miss You Love - 03/06/11
http://www.youtube.com/watch?v=rPG7XJUZLBU

Plush - 03/06/11
http://www.youtube.com/watch?v=NaN1QpV8ES8

Além disso, também já tenho algumas imagenzinhas que nós temos produzido e brincado aqui e acolá, hehe!


São alguns desenhos meus com a maravilhosa ajuda dos dedinhos mágicos da minha linda esposa Jussara Garcia. Espero ter tudo mais bem integrado e definido com a chegada das músicas próprias e os clipes logo em breve.

Ah! Também inauguramos perfis nas redes sociais pra todos adicionarem a vontade:

Twitter:
https://twitter.com/SheepGigante

Facebook:
http://www.facebook.com/?ref=home#!/profile.php?id=100002599900621

De fato já temos duas canções gravadas e muito bem mixadas (de acordo com meu gosto, hehe), mas vamos dar mais um tempinho pra divulgar; esperar juntar mais informação. Mas a coisa está andando anyway...


Bom, por hoje é só pessoal,
Hope you enjoy!

terça-feira, 14 de junho de 2011

A Origem

Podemos classificar como "mídia" todos os meios de comunicação social existentes, sejam eles de grande ou pequeno alcance, objetivos ou subjetivos. Vou ousar dissertar um pouco sobre este assunto nestas poucas e temerosas linhas.

Nos últimos tempos, tempos estes nos quais me encontro vivo (1984/hoje), posso observar com atenção a absurda importância que é atribuída e empreendida por grandes empresas, grupos, e mesmo o cidadão comum, para entender, dissecar, dominar e abusar do poder das mais diversas e comtemporâneas mídias existentes, quase sempre na tentativa de influenciar alguém ou muita gente a fazer alguma coisa, comprar algum item ou escolher algo. Milhões são investidos ao investigar tais fenômenos e procurar direcioná-los, especialmente ao grande público, a grande massa, que é literalmente massacrada por diretrizes midiáticas das mais improváveis naturezas, da hora que acorda à hora que vai dormir, quando dorme, e se é que dorme.

Em minha opinião, e é mesmo o que tenho observado de fato, é sempre maior o poder da mídia sobre seu alvo quanto menor é seu graú de instrução e conhecimento específico, assim como do outro lado do espectro, também é maior o poder de utilizar-se da mídia por cada um dos que empreendem esforços a isto quanto mais avançado é seu discernimento e compreensão do geral social e em relação a tudo. Todos influenciamos e somos influenciados constantemente, porém, não vamos aqui nos ater ao óbvio.  O poder da mídia é mais devastador e urgente; já vi até em alguns textos ser chamado de "o quarto poder", mas é justo neste ponto que precisamos direcionar melhor nossos holofotes e avaliar quando e com quem cada tipo de situação midiática realmente funciona, pois é mesmo verdade que funciona de maneira forte.

A persuasão é uma ferramenta bem empregada pelo ser humano desde o princípio das civilizações e, aquele que sabe apontá-la aos outros como faria com uma arma bem afiada, em geral acaba se beneficiando e gozando de posições de prestígio, em relação é claro, aos seus persuadidos. É fácil fazer tal inidvíduo aceitar uma informação, mas o mesmo conteúdo por outro pode ser absorvido com muita dificuldade, enquanto que por um terceiro pode ser tragado ainda mais rapida e facilmente do que pelo primeiro. E é aí que se concentram os estudos já citados neste texto, e ainda, todas as possíveis divisões de grupos e pessoas suscetíveis a esta ou aquela inserção.

Recentemente assisti a um filme cujo título em português é "A Origem"( inglês "Inception" ), onde o objetivo do personagem central é entrar no sonho de um grande empresário durante seu sono e plantar uma idéia para que este a realize. Perdoem o chavão "a vida imita a arte", mas caso o fosse de fato, vejam a que ponto as coisas poderiam até chegar num futuro não muito distante. Percebam o quanto as pessoas realmente desejam controlar umas as outras, levá-las, empurrá-las, seduzi-las e motiva-las.

Muitas vezes me pego pensando até se um dia fomos, seríamos ou somos capazes de conceber um único e verdadeiro pensamento puro, simples, livre de resquícios externos e influências de mídias paradoxais.


- Este texto sobre o poder da mídia também me rendeu uma boa nota em LPT I, hehe.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Reveillon: De férias mas não de folga

Estamos de recesso, sim, é fato.
Mas nem por isso o pessoal da Reveillon deixa de me surpreender!

Dá só uma olhada neste material inédito que eles divulgaram no Youtube:

Big Band Reveillon - Use Somebody
http://www.youtube.com/watch?v=-6CabMA7heM

Eu curti muito, admito, e aproveito a deixa pra divulgar também dois vídeos antigos de apresentações nossas, pra quem quiser conferir mais do trabalho desta que é maior banda de bailes do Brasil (desculpem a falta de modéstia oportuna):

Big Band Reveillon - I don't wanna miss a thing ("Armagedon")
http://www.youtube.com/watch?v=vHUIA-iqCNU&feature=related

Big Band Reveillon - Iris ("City of Angels")
http://www.youtube.com/watch?v=mr5J5vStPCs&feature=related

This is Reveillon!

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Apresentações Acústicas

Eu, senhor Ovelhones, e meu irmão Higor Garcia inauguramos na semana passada uma série de novas pequenas apresentações acústicas que elaborei durante alguns momentos solitários no banheiro e no trem (momento pertinente em minha vida nos dias atuais).
O intuito destes eventos é, naturalmente, arrecar algumas moedas durante a pré-temporada Reveillon, período em que me encontro sem baile algum e, por consequência, duro. Porém, ao mesmo tempo, espero trazer a tona meus gostos musicais bastante particulares e obscuros, coisa que poucas vezes tive chance de fazer durante todo este tempo cantando. Quem tiver a oportunidade de presenciar uma de nossas atuações saberá com exatidão tudo o que eu estou querendo dizer.
Na próxima sexta estaremos novamente no Bartheu (mas num formato diferente, o "Masturbation Hits", consagrado por mim e meu irmão, de acordo com as palavras de João Shao Kahn Junior), e logo em seguida voltaremos com o trio, comemorando o dia dos namorados, Domingo, lá mesmo no Bartheu em duas apresentações na mesma data (almoço e jantar).

Esperamos que possam conferir.

domingo, 15 de maio de 2011

Fim de Temporada Reveillon

Ontem no clube Adler de Vinhedo, interior de SP, aconteceu aquele que denominamos o "último baile desta temporada da Big Band Reveillon".
A partir de agora entramos numa pré-temporada de 3 meses sem baile e eventos, tempo este que deverá ser utilizado para reformas de repertório, testes, introdução de novas idéias e equipamentos e, especialmente, férias!
Claro que meu orçamento sofre quando este tipo de coisa acontece, mas já provideciei mais aulas na Wizard e estou com intenções de fazer alguns showzinhos bem particulares, cujas concepções eu já possuo em mente há um bom tempo. Quem sabe até não começo uma nova banda?
Haverá tempo pro Sheep Gigante, pros meus desenhos, pros trabalhos desgastantes da faculdade, pra deixar a barba crescer e fazer um belo regime.
Posso ainda até inventar um novo idioma, escrever um livro ou mesmo criar um país.

Vamos ver o que eu faço com estes meses interessantes.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Helen Strangé + Gwar = Lady Gaga

Estava assistindo TV agora pela manhã e fui surpreendido por um clipe novo (pra mim) de Lady Gaga. O nome da canção, salve-se minha memória, é "Born this way".
Hehe!
Eu sei que a idéia é bem essa mesmo: ser do contra, chocar, fazer as pessoas se sentirem mal, causar ânsia de vômito, vergonha alheia, febre tifóide e gonorréia... mas, pô!
Já já essa mulher vai ter que convidar o pessoal do Gwar pra participar dos vídeos:

(Eles não aceitariam o convite)

Existe um filme de 1992, estrelado por Eddie Murphy, chamado "O Príncipe das Mulheres (Boomerang)". Neste filme encontramos uma personagem chamada Helen Strangé (interpretada por Grace Jones, cujas influências sobre Gaga são indiscutíveis), que é uma mulher cafona pseudo-fashion, com um estilo sadomasoquista ao extremo elevado ao brega, exatamente nos moldes de Lady Gaga. No filme, a personagem em questão prepara um comercial de TV para lançar um perfume, e neste, o frasco é parido por uma africana caracterizada em meio a sons tribais e coisas do gênero. O vidro de perfume sai de dentro da vagina da cidadã. É o cúmulo do mal gosto, e me remete exatamente ao clipe que inicio este texto comentando.

Penso que dentro de poucos anos, o pessoal que assiste e curte os clipes da Lady Gaga (não necessariamente a música), vai se sentir embaraçado ao lembrar que gostava de tal coisa, como as garotas mais novas de hoje em dia que na infância curtiam "Rebelde"; como o pessoal que gostava de Backstreet Boys; como a galera que ainda vai deixar de gostar de Restart. A gente vai evoluindo, e os gostos vão se aprimorando. É natural que deixemos de lado certas cagadas. Caso contrário estariam todos até hoje curtindo Talía no Programa do Gugu.

O mundo gira e a bosta roda.

terça-feira, 26 de abril de 2011

Diga não ao papel higiênico: Limpe a bunda com livros!

Estou iniciando aqui esta belíssima campanha cultural em prol de uma finalidade mais digna para o acervo literário e didático de nosso país. Chega de tentativas e incentivos.
Todos sabemos que o brasileiro não gosta de ler, e/ou de fato, não lê mesmo.
Qual seria então a utilidade a ser empregada ao extenso arquivo bibliotecário nacional para a maioria esmagadora de nossa população? Ora, me parece óbvio.
Concordo que alguns de nós até sentiriam falta de alguns tesouros e clássicos inestimáveis, mas vejam só estes dados antes de protestar:
A média de leitura do nosso país é de 4,7 livros por habitante/ano, sendo que, dessa média, apenas 1,3 livros per capita são lidos fora da escola. Ou seja, o brasileiro que não é um estudante ativo lê uma média de um livro por ano! UM LIVROOOOOOO (E eu aposto que tem muito Crepúsculo e auto-ajuda neste meio de campo)! Nestes mesmos dados, observamos ainda que mais de 77 MILHÕES de brasileiros nem sequer ENCOSTARAM num único livro nos últimos três meses. Sabe-se lá Deus qual a porcentagem de pessoas associadas a bibliotecas públicas no país e quantos de nós sentiriam sua falta, caso as de nossas cidades fossem implodidas amanhã.
Alguns meses atrás fui procurar um livro do formidável poeta Gibran Khalil Gibran e pude notar que seu livro "Areia e Espuma" não era emprestado da biblioteca de Mairiporã, meu lar, desde 1989. Mais de 20 anos!
Dá aqui que eu limpo a bunda com ele, pô!
Vejo os ambientalistas se debatendo e discutindo formas de preservar a natureza, e observo aqui um nicho ainda inexplorado. Imagine só quantas árvores seriam salvas? Imagine a quantidade de papel disponível estocado Brasil afora, praticamente nunca utilizado, nunca tocado, nunca lido, nunca apreciado... Que triste.

Creio que este é o momento de uma tomada de decisão! De uma grande virada!
Vamos juntos então! Rumo a um meio ambiente limpo! Uma bunda limpa! E uma mente suja e vazia!

Declaro encerrada esta merda de campanha.

Melhor Idade Penal

Nos dias de hoje muito se comenta a respeito de soluções e medidas, que diminuam a violência e criminalidade em geral. Dentre as mais diversas opções, sempre vem a tona aquela história de alterar a maioridade penal.
Atualmente no Brasil, são consideradas "menores de idade" perante a lei todas as pessoas com idade inferior a dezoito anos. Daí surgem as sugestões a respeito da alteração deste número e, dentre as mais discutidas, a redução da maioridade penal para a idade de dezesseis anos tem sido muito popular. Devemos refletir se esta seria mesmo a solução.
Certa vez pude assistir a um discurso do já falecido professor, político e cardiologista (tido por muitos como louco) Dr. Enéas Carneiro afirmando, quanto a questão da discriminalização do aborto, que seria o mesmo que "instalar um problema para resolver outro". Creio que o mesmo conceito se aplica aqui.
É fato que muitas pessoas tiram proveito da margem de idade para cometer os mais diversos delitos e escapar quase que impunimente. Também é fato que as "escolas do crime" estão recrutando seus "alunos" cada dia mais cedo mas, é justamente na escola real o lugar onde encontraríamos a solução verdadeira e definitiva.
É preciso analisar a média de escolaridade destes menores infratores, sua renda familiar, inúmeros fatores.
Alterar a maioridade penal seria uma medida urgente e imediatista que, a curto prazo, com certeza surtiria algum efeito. Mas é um curativo sobre uma hemorragia.
A questão é muito mais estrutural do que etária. Com o investimento correto e a devida atenção aos problemas e deficiências dos mais novos, formaremos novas gerações de cidadãos ao invés de jovens presidiários.


- Esta redação me rendeu nota máxima na aula de LPT I, hehe.

A Dialética da Lagartixa-Cebola

Estava eu a tomar banho num dia quente destes de Abril quando, não mais do que de repente, avistei no forro de madeira de meu banheiro uma destas lagartixas antigravitacionais, que perambulam por aí de cabeça pra baixo, desafiando a física moderna e todo o nosso bom humor familiar.
Porém, notei que esta peça em particular possuía um andar um pouco mais cadenciado, maroto, cheio de malícia e despudor. Logo notei que se tratava de uma Lagartixa-Cebola, e pude então com clareza observar: "Porra, já está locassa a esta hora?" - A noite acabara de chegar.
Ela então caiu. De repente desabou. No meio da roupa suja, entre minhas peças íntimas e alguns pedaços de papel higiênico molhado ainda puro, daqueles que a gente deixa a mercê da água de modo acidental.
Vendo tal cena, fiquei deprimido e me aproximei. Deixei o banho de lado e fui observá-la ali, se debatendo, ainda que lenta e de maneira patética, mas lutando pra sair daquela enrascada em que a própria havia se armadilhado.
Pensei: "Oras, mas vejam que situação." - Fiquei embaraçado pela mesma, me senti mal. Uma lagartixa claramente embriagada me expondo a vergonha alheia e irrompendo a tranquilidade aparente de meu bem estar aquático. Onde já se viu?
Podia esmagá-la ali mesmo entre as roupas e toalhas a serem lavadas, ou então utilizar a porta sanfonada do banheiro para extingui-la de maneira ainda mais rápida, cruel e apertada.
Mas recuei, preferi não interferir. É óbvio que não sou adepto a violência contra os seres, não importando a quantidade de alcóol ingerida por eles, e nem mesmo suas classes e ordens no reino natural.
Voltei ao chuveiro e por um instante desviei meus pensamentos daquela situação paradigmática.
Foi tempo suficiente para que o pequeno réptil tomasse tenência e desaparecesse de minha vista sem deixar maiores provas de que um dia ali se arrastou.
Quão grande foi minha surpresa! Dentro daquela merdinha de ser ainda restava energia vital para pregar-me peças! Oras! Sumiu mesmo!

Restou-me apenas em memória aquela imagem frágil, ébria e enigmática.

Tão subto quanto apareceu, o bichinho então desapareceu.
E é bem provável que em algum lugar perto dali, facilmente se fudeu.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Aulas Particulares de Inglês

Estou começando a ministrar aulas particulares para todos aqueles que estiverem interessados em aprender inglês de uma forma bem direta e personalizada, atendendo as necessidades específicas de cada aluno.

Vale lembrar que sou Professor Wizard a mais de 4 anos, formado pela própria instuição e tendo experiência também em outras escolas como Yeski e Instituto Mairiporã.

Aos interessados, favor entrar em contato comigo através de qualquer uma das redes sociais ou pelo telefone: (11) 89406649

sexta-feira, 11 de março de 2011

27 anos e uma Raposa Nova

Meu carro finalmente está de volta e, por mais absurdo que isto soe, está mais bonito do que nunca.
Correu tudo bem com relação aos consertos e o bicho voltou pros meus braços novinho em folha. Brilhando e piscando.

Outra coisa que "correu tudo bem" também foi o Carnaval em Itanhaem (rimou). Estivemos lá (Big Band Reveillon) durante os quatro dias de folia e conseguimos concluir nosso trabalho com muito esforço e dedicação exaustiva. Foi cansativo ao extremo, admito, mas é justamente a este tipo de atividade que dão o nome de "trabalho".

Nas escolas (Wizard&Uninove) as coisas se desenrolam em um ritmo agradável e constante. Tudo sob controle.

No dia 7 de Março passado eu finalmente atingi a marca mítica de "27 anos" de idade. E vivo.
Parabéns para mim e para todos os meus ídolos que não conseguiram ir além de tal idade; entre eles:
Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kurt Cobain, etc.

Espero sinceramente não ter o mesmo destino, hehe.

E na realidade, eu nem mesmo poderia...

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Faculdades, Maçãs e Colisões Cósmicas entre Culhões

Minhas aulas na Uninove começaram no exato momento em que fiz minha matrícula e, a partir daí, meu ritmo de vida (que podia ser considerado bastante noturno e vazio) mudou bruscamente; fato que inclui meu relógio biológico um tanto quanto estuprado.
Estou acordando diariamente as 6 da manhã, tomando ônibus, trem, lotação e o que mais eles puderem inventar e oferecer pra encoxar a gente publicamente de uma maneira justificável com o intuito de levar-nos até a faculdade. Not that easy. E ainda tenho que voltar correndo pra dar minhas aulas do período tarde&noite na Wizard Mairiporã, lugar no qual agora por sinal estou trabalhando uniformizado.

Hmm.

Se você é daqueles que, assim como eu, dizia que não faz faculdade por causa de grana, tempo e o escambal ao quadrado, acho bom repensar seus conceitos, pois de fato a parte financeira até pega sim, mas é contornável para a maioria das pessoas.
Existem cursos superiores com preço verdadeiramente em conta e muitos outros até gratuitos. O que realmente é necessário para cursa-los é fibra, "culhões", coisa que não se encontra em qualquer um.
Coisa que eu não tinha até pouco tempo e que muita gente tem que ter pra poder conciliar estudos e trabalho fazendo sacríficios enormes e abrindo mão de muitas outras coisas em prol de um sonho maior que, agora eu sei, vale a pena.
Resumidamente: Chega de desculpinhas e vá estudar, @#$%&*!

Está semana também ocorreu o advento da batida/porrada/demolição do meu carro amado mas, não vou nem falar sobre isso, pois já está tudo encaminhado e praticamente resolvido. Quem acompanha meu Twitter já está ligado no papo: Basta digerir um pinto de R$ 4.000.00 e prestar mais atenção ao volante. E bola pra frente.

Não vou ter mais muito tempo de agora em diante pra ficar escrevendo baboseiras aqui já que estou cheio de livros e trampos pra fazer até o final do semestre. Mas prometo que quando escrever, serão coisas realmente interessantes, hehe.

Pra encerrar vou deixar uma citação feita ontem por minha esposa em sua colação de graú pelas faculdades integradas Rio Branco.
Sim, ela agora é Bacharel em Editoração e eu me orgulho muito disso enquanto a observo dormindo, aqui do nosso computador.
Se eu não me engano, a fonte da frase é Albino Teixeira.
Lá vai:

"A morte do homem começa no instante em que ele deixa de aprender"

That's it folks.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Cinestetinha

Faço questão de divulgar aqui o novo projeto do meu irmão e jornalista Leonardo Vinícius Jorge, vulgo Cebola: http://cinesteta.blogspot.com/

Ele tem escrito ótimas resenhas e a idéia da coisa em si parece ser bem legal.
O título é uma brincadeira com a palavra "sinestesia" e o assunto cinema... Ele já me explicou um milhão de vezes mas eu insisto em não me lembrar. Vou sugerir para que ele coloque esta explicação na descrição do blog também, hehe.

Só tem que ver se ele vai me OUVIR, né?

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Fenda Temporal

Vamos fazer uma pequena suposição aqui.
Digamos que um dia eu acorde e, entre uma porção de besteiras e sandices que ficam serpenteando na minha mente, exista o seguinte pensamento:

"Caro Richard, seu gordo.
Você já está praticamente completando 27 anos de pura inutilidade e rock'n'roll obscuro e até agora não tem uma porra de um simples curso superior pra se gabar.
Por que você não se dirige a universidade mais próxima pra prestar uma droga de vestibular pra qualquer curso do seu interesse? Na parte da manhã você não faz MERDA NENHUMA!
Por exemplo, "Tradutor e Interpréte" na Uninove parece ser um puta curso legal. Você já voltou a trabalhar na Wizard mesmo... Uma coisa puxa a outra."

Daí, continuando a suposição, após babar um pouco e escovar os dentes, eu decido seguir essas idéias firmemente, vou até lá, me inscrevo, faço a provinha supracitada e passo.
PRONTO. Temos um novo universitário na área.

Hmmmmmmmmmm.

Ok, não é uma suposição, eu fiz isso mesmo.

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Aula 1

Após um período de mais de um ano afastado das salas de aula da Wizard, eu hoje finalmente voltei a dar aulas. E foi bem legal.

Sabe, eu reclamava, reclamava, mas no fundo até que sentia falta de quase tudo. Me sinto bem fazendo isso novamente. E além do mais, sinto que posso ser útil em mais uma área da minha vida (uma área bem presente por sinal) que não me impede de nada mais. Posso conciliar com muitas outras atividades.

Ainda não sei quantas turmas terei e nem o quanto o pessoal de lá vai precisar mesmo de mim, mas sinto que será mais do que eu esperava, o que é bom. Em se tratando de Wizard, já que é um método em que eu realmente acredito e sei que funciona (sou prova viva disso), vai ser um prazer.

A próxima semana me trará resoluções mais claras sobre tudo.
Agora bola no chão que o fim de semana é da Reveillon.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Treinamento Wizard

Desde a semana passada está sendo realizado o processo de treinamento e reciclagem dos instrutores da Wizard. É uma atividade extremamente importante pois podemos analisar as mudanças nos novos livros e materiais, assim como nos corrigirmos de nossos "vícios de professor" adquiridos durante tempos letivos.

Eu estou participando e gostando. É muito bom relembrar certas coisas e esclarecer algumas outras. Quem estuda alguma coisa deve saber, assim como eu aprendi, que o aprendizado não termina nunca. E para quem estuda inglês (assim como desenho e música) vale a pena frisar a máxima: "Você sempre tem alguma coisa nova pra aprender".

Alias, isso deve valer para todos os estudos, creio eu (mas vou me ater a opinar apenas sobre as áreas que atuo, hehe).

Tenho tido muitos bailes pois nessa época do ano a Reveillon realmente trabalha muito. Graças a Deus.

O estúdio de tatuagem toma silhuetas mais reais e prováveis a cada dia e eu continuo fazendo planos específicos. Apesar dos "apesares", claro.

E a Nasa descobriu um novo conjunto de planetas muito parecidos com a Terra, porém com uma textura similar a marshmallow.

Assim vamos.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Wizard

Hoje passei pelo exame médico admissional para voltar a trabalhar na Wizard Mairiporã.
Vou tentar conciliar minhas aulas, a música, os desenhos, as tatuagens e um pouco de tudo pra dar uma engordadinha no orçamento.

Realmente "voltar a dar aulas" não estava nos meus planos caso alguém me questionasse sobre isso no ano passado.
Mas depois de tudo que aconteceu... Bem, digamos que houve uma mudança drástica no rumo que as coisas estavam tomando.

E por mais que isto fosse imprevisto, tenho de admitir que estou bem feliz por estar voltando. A Wizard sempre foi um lugar ótimo de se trabalhar e eu realmente gosto muito de todas as pessoas que lá estão.
Vamos ver no que dá.

Fim de semana vai ser bem corrido e ocupado graças a Reveillon... Provavelmente não terei tempo de tomar atitude alguma em relação a alguns projetos que ideializei, mas isto não significa que eles não estão sendo lapidados e resolvidos aqui dentro da minha cabeça.

Sabe, eu fico com essa cara de otário o tempo todo mas, no fundo, beeeeeem lá no fundo, estou só maquinando.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Tatuando Irmãos - Parte 2

Mais irmãos entraram na agulha e gostaram.

Desta vez pude vitimar meus chegados Guinhão e Madrugóids:


Ambos tatuaram o estigma de Berserk (também quero, hehe), porém em lugares diferentes: Peito e Panturrilha. Tem fotos boas no meu orkut.

Agradeço a confiança de ambos e continuo trabalhando e contando. Já são 5 em seres vivos.

Vamos juntos rumo ao Hexa, huahauhuha...

sábado, 8 de janeiro de 2011

Tatuando Irmãos

Em meu terceiro e último dia de curso intensivo já tive a oportunidade de tatuar PESSOAS VIVAS.
E não eram reles mortais não, muito pelo contrário: Meus irmãos Felipe Koga e Leonardo Vinicius Jorge, cuja amizade pra mim tem um valor incalcúlavel e eterno.

Não tenho nem palavras para agradecer esses dois pela coragem e "brodagem" que demonstraram logo de cara junto a mim em mais esta jornada. Vocês são foda e moram na minha alma pra sempre. Amo vocês pra caralho.

Mas chega de emoção!
O fato é que eu saí rabiscando MEMO!

Dá uma sacada nestas fotos:


Essa eu chamo de "Pipão, O Mister Fodão"


E esta ficou entitulada como: "E que venham as Cebolas"

Tem muito mais no meu orkut (pra quem quiser conferir o link está aí ao lado entre outros bem legais).

Foi tudo muito gostoso e proveitoso e eu realmente me sinto preparado para continuar treinando e desenhando nos couros daqueles que toparem uma sessão comigo. Já são ao todo 3 tatuagens em seres vivos até agora, oras. Vou continuar firme com o trabalho e a vontade de me aprimorar sempre mais.

Quem quiser fazer uma tatuagem comigo completamente na faixa é só entrar em contato que eu estou em topando qualquer parada. Se confiar no taco é só procurar.

E vamos juntos rumo ao Tetra!

Huahuhauahuhuaha...

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Minha Primeira Tattoo!

Ha! E não é que saiu mesmo!
Taí minha primeira tattoo feita hoje no meu segundo dia de curso:


Será que eu levo jeito pra coisa?

Foi feita nas costas de uma menina, pouco acima da calça.

Hmm.

MENTIRA!
Foi feita numa barriga de porco falecido com pele!
Huhauahuahuhauha!

Mas amanhã pegarei seres humanos de verdade, ah sim.

E em breve até revalarei suas identidades, pois não são desconhecidos.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Curso de Tatuador

Após minha duas últimas tatuagens acabei refletindo: "Peraí... Bem que eu poderia me enfiar neste ramo também, né?"

Já adoro desenhar e me considero relativamente bom nisso.
É fato que um tatuador ganha bem mais que um professor de inglês por horas trabalhadas.

Então é isso.

Essa é minha nova empreitada: Quero me tornar um tatuador.

Amanhã começo um curso super intensivo em São Paulo e espero estar fazendo obras de arte muito em breve.